Quatro Argumentos Que Provam Que Deus Existe

pOR TEOLOGIA GOSPEL



Esta é exatamente o que uma pessoa, que se diz não acreditar em Deus pede. Contudo existem algumas provas tradicionais de sua existência. Quem geralmente procura provar que Deus existe, são exatamente  alguns filosofo, não cristãos e alguns cientistas; geralmente uma pessoa cristã não tem tal dificuldade para entender que Deus existe.
   A palavra de Deus nos ensina que Deus é espírito. Sabemos que espírito e totalmente diferente da matéria, não tem como tocar em espírito, então para provar que Deus existe precisaremos utilizar de alguns argumentos, quatro são os argumentos que podemos utilizar; cosmológico, teleológico, antológico, e o moral.


  • Argumento Cosmológico: Olhando para o universo e vendo a grandeza e sua complexidade, chegamos em uma conclusão que existe um Deus. Alguém que com sua sabedoria e poder tenha criado algo tão magnífico, é difícil de acreditar que algo tão maravilhoso tenho se originado do nada. Acreditamos que o universo existe e alguém causou sua criação, e este alguém só pode ser Deus, ou seja, a causa da existência do universo é Deus. Para reafirmar este argumento cosmológico, usamos o argumento da causalidade que são usados para explicar os fenômenos na ciência humanas e exatas, estas causa não depende da capacitação ou intervenção humana, sendo então direcionada para Deus criador do universo. Este argumento da primeira causa foi estabelecida por Platão e Aristóteles nos séculos 4 e 3 a.C., este argumento defende que tudo o que existe tem uma causa. O universo começou a existir, portanto o universo tem uma causa de sua existência e nome desta causa é Deus, portanto Deus existe.
  • Argumento Teleológico: O argumento teleológico está interligado com argumento cosmológico, podemos dizer que é uma subcategoria do argumento cosmológico. Este argumento também é conhecido como argumento da criação, que comprova a existência de Deus através da criação. Para ser criado todas as coisas, há uma necessidade de ser criado com muito planejamento e raciocínio. Agora raciocina comigo, no livro de Gênesis diz que a Terra era sem forma e vazia e havia trevas, então para que se houvesse alguma forma de vida, precisaria de luz, então Deus criou em primeiro lugar a luz, para que a vida continuasse era necessário água, e tudo esta misturado ou embolado, mas Deus fez separação entre terra, água e ar, os três componentes essências para a vida, depois de houver uma separação entre porção seca (terra), e porção úmida ( água ), agora Deus criou as plantas pois agora as plantas já poderia existir, pois os elementos para a existência das plantas já tinha sido criado por Deus. A próxima etapa foi construir os luminares, e depois a criação dos animais, e por último a mais bela de todas as criações, o homem, tudo foi criado criteriosamente, e isto só poderia ser feito por um Deus, portanto Deus existe.
  • Argumento ontológico: Este argumento foi proposto por Anselmo de Cantuária, defendendo que existe um ser perfeito, e este ser é Deus, sendo maior coisa que a mente humana possa conceber, e se uma pessoa consiga imaginar a existência de um ser supremo, é porquê ele realmente existe, porque ninguém consegue imaginar algo em seu cérebro jamais viu, isto seria uma coisa impossível de ser processada pela mente humana. E esta intuição foi colocada no homem pelo próprio Deus. É claro que este argumento foi altamente criticado; hoje estes argumentos não são muito usado pelos cristãos da atualidade, mas isto não quer dizer que este argumento não seja verdadeiro, a verdade é que falar de superior e infinito não está em nenhum nível de nossas faculdades mentais, Deus é infinitamente superior, sendo ser isto é que dar maior força para este argumento.Mostrou-me um rio da água da vida, resplandecente como cristal, saindo do trono de Deus e do Cordeiro.Quando João o apostolo João através de uma revelação enxerga o céu ele descreve o que viu, porém o que João escreveu não era literal, era verdadeiro, mas não era literal. Quando neste versículo em negrito registrado em Apocalipse 22.1, ele diz que viu um rio resplandecente como cristal, ou seja, era resplandecente mas não o brilho do cristal, apenas parecia com o brilho do cristal, e quando ele descreve como era a cidade e diz ser ela, com ruas de ouro, muros de jaspe, e águas cristalinas, tudo aquilo era verdadeiro, mas não era literal. O apostolo apenas usou de coisas que o homem já conhecia para descrever como era a cidade, era coisas que jamais João viu e sua mente jamais seria capaz de processar, então ao descrever a cidade ele sabia que o que ele tinha visto, só teria uma compreensão se fosse relatada relatada com coisas já processada pela mente. Quando um homem pensa na pessoa de um Deus, isto significa que isto só é possível porque ele realmente existe. Mas talvez você venha a perguntar, como o homem que jamais chegou a ver Deus, possa ter a certeza que ele existe? E como nossa mente consegue processar um Deus, sendo que jamais o viu? Esta questão é resolvida através do argumento da criação. Deus criou o homem do pó da terra, formando o barro, e através do barro criou o homem, só que o homem não tinha vida em si, aí Deus soprou nas narinas do homem e deu para o homem de seu espirito, e o homem se tornou em ser vivente, e esta capacidade que nossa mente tem para processar a pessoa de um Deus, se dá por conta por ser o homem um ser trino, possuindo corpo (matéria), alma ( parte racional do homem), e espírito (que liga o homem com sua alma, e com seu Deus).
  • Argumento moral: O Argumento Moral se resume basicamente na seguinte lógica, se valores morais objetivos existem, então Deus existe. Se existe o certo e o errado, existe uma fonte que origina o certo e o errado, portanto esta fonte é Deus. Todavia e bom lembrar que Deus não é meramente uma força ativa no universo, Deus não se mistura com universo, ou seja, não tem a mesma essência do universo, ele é infinitamente superior, contudo acreditamos que Deus é uma pessoa, uma evidência novamente se dá através da criação do homem, quando Deus criou o homem a sua imagem e semelhança.

   
   Estes argumentos apresentados até o presado momento não vem com intenção de trazer uma forma abrangente sistemática e exaustiva sobre a prova da existência de Deus, este artigo vem mais com o intuito de informação, porque independente que você creia ou não que ele existe, ele é existente por si só. ninguém o criou, mas ele existe por si só, embora eu jamais tenha visto a Deus, eu consigo senti-lo constantemente, e sinto ele perto de mim, e consigo ouvir constantemente sua voz falando mansamente e suavemente falando comigo, embora eu não consigo enxergar com meus olhos naturais, eu consigo vê-lo com meus olhos da fé. Muitas experiência eu passei com Deus, aumentando cada dia mais a minha fé nele. Muitas das minhas orações foram respondidas por Deus, muitas curas e livramentos, tenho recebido por Deus, meu Senhor, e tudo isto já é totalmente suficiente para que eu creia que Deus existe, e que é galardoador daqueles que o buscam.

Postagens mais visitadas deste blog

As 10 Qualidades de um líder a ser seguido.

Sintomas do orgulho

Porquê é muito importante preparar outros líderes ?