Panteísmo



   A expressão ‘Panteísmo' deriva do grego ‘pan', que tem sentido de ‘tudo'; e de ‘theos', que significa ‘Deus'. A simples contemplação da beleza do Universo e da Natureza assume por si só uma profunda dimensão de celebração e festividade: desfrutar da beleza de uma flor na Primavera, do sol que bronzea a nossa pele no Verão, das folhas que caem no Outono ou ainda da neve que cobre os campos no Inverno são apenas algumas das formas através das quais podemos experimentar sensações de grande prazer e auto-realização.

   Panteísmo é a doutrina  que sustenta  a identidade substancial de Deus e do Universo, os quais formariam uma unidade e constituiriam um todo indivisível. Para os panteístas Deus não é transcendente ao universo e dele não se diferencia nem se distingue

    Para Maimônides, Deus é tudo, é eterno, mas também é a primeira máquina” geradora de tudo que existe neste mundo e Universo, e se ele é eterno e se está em tudo, podemos concluir que ele é a primeira causa de tudo, portanto está livre do conceito de tempo e de espaço, ele é um, único que está no sempre e no presente.

   ( Êxodo 3:14 E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.) correto é dizer que Deus é a razão de sua Própria existência, não esta limitado e não há Nele dependência de nada , fora de si mesmo para continuação perpetuando Seu Ser Eterno (. portanto Deus é absolutamente independente de tudo fora de Si mesmo para a continuidade e perpetuidade de Seu Ser.


   E para a teoria e a prática do Panteísmo Científico - da auto-existência e auto-organização do cosmo e da natureza aos meios através dos quais podemos afirmar e comemorar fato de pertencermos e estarmos ligados a eles e uns aos outros, criando condições sociais e ambientais para que cada um possa aproveitar essa ligação.