Uma igreja para um povo feliz...

quarta-feira, 24 de junho de 2020

7 Grupos e ideias que negam a existência de Deus



A maioria da humanidade crer na existência de Deus. Na verdade o ser humano já nasce com essa crença em um Deus. Não sei se ainda existe espalhado pelo mundo afora, uma tribo, ou alguma civilização que não foi descoberta pelo homem, porém pode ter certeza absoluta, mesmo assim esta tribo ou civilização terá uma crença em Deus. Ainda sem o conhecimento de um Deus verdadeiro, haverá uma crença em um ser divino.


Agora o contrário também ocorre, sempre haverá uma minoria que estará lá para negar a existência de Deus. Talvez não é de seu conhecimento, mas há várias formas de negar que Deus existe. Temos formas parciais, onde a negação não é completa, há porém formas integrais, onde a negação é total. 


Te convido a conhecer alguns destes grupos,confiram:


Ateísmo


De todos os grupos que negam a existência de Deus, este é sem dúvidas o mais conhecido e o mais falado, dentro da teologia cristã, e dentre os grupos que negam a existência de Deus.


O termo ateu é um termo grego composto por duas palavras. A, cujo significado é não. Theos, cujo significado é Deus. No entanto ateus, significa não existe Deus. 


O ateísmo não é uma religião e não possui uma doutrina. Na religião podemos citar um conjunto de doutrinas e através desse conjunto de doutrinas nós separamos uma religião da outra, já no ateísmo pelo fato de não acreditarem em Deus, não há esse conjunto de doutrinas. 


Ser ateu é aceitar que a crença a um Deus, é algo desnecessário para a vida, mesmo que isto não seja uma verdade, há muitos que simplesmente não quer nem sequer cogitar na possibilidade de um Deus. Eles afirmam que a religião é apenas uma criação humana.


É importante mencionar que uma pessoa que se diz ateu, geralmente não irá contra um religião ou um deus. Ele simplesmente não aceitará nenhuma religião ou nenhuma divindade. Para um ateu as religiões são apenas ilusões de pensamentos.


Há duas classificações para o ateísmo:


Ateísmo Teórico

Esta classificação de ateísmo também é conhecido como ateísmo filosófico. São assim chamados os ateus, que partem para um debate teológico defendendo que Deus não existe. 


Quando um ateu já participou de uma religião, seja o catolicismo, o espiritismo ou até mesmo o cristianismo, este ateu terá como base em seus argumentos, as experiências frustrantes que  vivenciou em sua religião, sendo assim o tipo de deus, que ele estará se opondo é um deus baseado em conceitos e frustrações.


 Há também aqueles que nunca fizeram parte de uma religião, onde sua oposição será puramente teológica e filosófica. Esta classe de ateus se utilizam de teses e estudos para fundamentar a sua não crença ou até mesmo para encurralar aqueles que acreditam em Deus, até que eles não tenham argumentos para debate. Lembrando que nós “EQUIPE SAÚDO A IGREJA”, como cristãos não incentivamos debates teológicos, no sentido de disputas.



Ateísmo Prático

Esta classificação de ateísmo, são assim chamados pelo fato deles não reconhecerem a existência de Deus vivendo uma vida, como se de fato Deus não existisse.


Para este tipo de ateu, não há lei moral ou espiritual para seguir. Uma vez que Deus não existe não há uma lei ou um conceito para seguir, já não diferença entre o certo ou errado. O que rege as suas atitudes ´e ações é o seu próprio instinto. 


Não há uma motivação religiosa para seguir. Não há uma bússola para direcionar os seus caminhos, ele vai aonde o vento o levar.



Agnosticismo

 

O agnosticismo está no grupo daqueles que não acreditam em Deus, não exatamente pelo fato de não acreditar em Deus, pelo contrário eles até acreditam em Deus, porém de forma parcial, mas negam a possibilidade do conhecimento de Deus. É o sistema que ensina que não sabemos, nem podemos saber, se Deus existe ou não.


O termo agnóstico no termo técnico da palavra, significa “sem conhecimento”. Muita das vezes o agnosticismo é confundido com o ateísmo. Esse termo agnosticismo foi criado por um professor inglês, Thomas H. Huxley. Ele foi inspirado por dois outros professores, David Hume e Immanuel kant.


O agnosticismo segue a linha em acreditar somente em evidências, isso faz com que o agnóstico duvide de qualquer coisa, seja essa experiência mística ou religiosa. Eles não são céticos apenas na existência de Deus, como também em experiências científicas que careçam de provas convincentes, tais como a teoria da origem do universo. 


Em relação à existência de Deus, o agnóstico defende que não existe conhecimento suficiente, nem para provar que Deus existe, tanto para provar que Deus não existe. Eles preferem ficar em cima do muro, não afirmam a existência de Deus, mas também não negam que ele existe. 


Os agnósticos afirmam que é tão importante provar a existência de Deus, como também provar que ele não existe. Para os agnósticos a prova de evidências, não é uma prova da inexistência, porém há pelo menos 3 subdivisões do agnosticismo. Confira:


  1. Ateísta

Alega que não há conhecimento da existência de Deus e não é possível provar a sua existência.

  1.  Teísta

Alega que as evidências que dispomos sobre provas de sua existência, não são suficientes para provar que realmente Deus existe, mas acreditam que um dia possa existir provas concretas em que seriam suficiente para provar.

  1. Apático

Alega não se importar se Deus existe ou deixou de existir ou se simplesmente nunca existiu. 


Percebemos que os agnósticos não possuem uma posição definida em relação à existência do Criador. Já que  há dúvidas preferem não se posicionar ao trazer uma afirmação que não esteja em sua altura defendê-la sem provas e argumentos.


Materialismo


Os materialistas não acreditam na existência de espíritos ou seres espirituais. Como o nome já dá indício, eles só  crêem naquilo que podem ver ou apalpar, ou seja, só conseguem acreditar em algo material ou redutível a ela. 


Já que Deus é espírito conforme as Escrituras nos ensinam,  ( Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. João 4:24) sendo assim eles negam a existência divina.


Eles também negam vida pós-morte, céu e inferno. Acreditam que quando uma pessoa chega ao seu óbito, alí é o fim de toda existência humana, e trata o pecado apenas como uma imperfeição humana, e enquanto o homem vive deve evitar o pecado, mas não haverá nenhuma condenação pós-morte por consequência do pecado.



Panteísmo


É a doutrina que afirma a identidade substancial de Deus e do universo. Para os panteísta Deus não é transcendente ao universo e entre eles não há diferença ou separação alguma sendo assim Deus é o universo e o universo é Deus.


Há muitas religiões que seguem esta linha de raciocínio panteísta. Como por exemplo o hinduísmo na Índia, eles acreditam em reencarnação de pessoas, de animais, e até mesmo de deuses. Outro exemplo é o budismo, que ensina que cada indivíduo precisa buscar a existência ou a não existência de Deus, e muitos leva a existência numa crença panteísta.


No geral o panteísmo ensina que tudo é Deus, e Deus é tudo, porém no cristianismo nós aprendemos que Deus é único, ou seja, há somente um único Deus, porém  distintos em três pessoas (trindade) e um dos atributos de Deus é Onipresença ( Deus tem poder para estar em vários lugares ao mesmo tempo). Isso não significa que nem o universo ou parte do universo é Deus, contudo o universo e tudo o que nele há fazem parte da criação de Deus e Deus está acima de toda a sua criação.



Politeísmo


Os politeístas afirmam que existem vários deuses e deusas, sendo que não existe um Deus absoluto criador e governante de todas as coisas, mas há vários deuses e cada um destes deuses é responsável por especialidade. Por exemplo, há um deus da chuva, outro da fertilidade, outro do amor afetivo, outro das finanças e assim por diante.


A principal crença politeísta é o hinduísmo. eles acreditam na existência de mais de trinta milhões ( 30.000.000) de deuses. Diferente dos monoteístas que acreditam em um único Deus. Observamos que esses dois conceitos do politeísmo, quanto do monoteísmo predominam até hoje. Eu acho que isso só terá fim com a segunda vinda de Jesus, onde de uma vez por todas dará fim a estes intermináveis debates teológico.


Todos os que são adeptos ao politeísmo, ou ao monoteísmo, precisam entender que o respeito uns pelos os outros, deve prevalecer. Cada um tem a sua convicção naquilo que acredita, por isso todos tem a liberdade religiosa de se expressar conforme as suas crenças, mas deve ser feito com total respeito. Não é o homem que convence, mas é o Espírito Santo que tem a função de convencer, do pecado, da justiça e do juízo.



Deísmo


É a crença em uma divindade que fez o mundo e tudo que nele há, mas permitiu que sua criação fosse regida pelas leis naturais, sem a necessidade de sua interferência. O deísmo crer que um homem pode ser considerado um deus e que não há um Deus soberano.


Os deísta não acredita nas Escrituras Sagrada e nem qualquer outro livro sagrado. Eles colocam a culpa em Deus, por existir doenças, dor e sofrimento no mundo. Sendo assim como os ateísta acreditam, eles também não crer na existência de Deus.


Podemos afirmar que o primeiro passo para um ateu ser um ateísta é exatamente o deísmo, pois muitas pessoas que se tornaram ateu, nem sempre foram ateístas, porém de alguma forma deixaram de acreditar na existência de um único Deus, passando a acreditar que se por acaso Deus existe, seria um deus injusto por permitir algumas desgraças no mundo. A bíblia fala sobre este assunto, confira:



De que se queixa, pois, o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus pecados.

Lamentações 3:39


Concluímos que toda a desgraça no mundo, entrou no mundo através do pecado, lá no jardim do Éden e se há alguma causa das desgraças no mundo é consequência do pecado, por isso Deus providenciou o plano de salvação, executado por seu filho, Jesus Cristo, lá na cruz do calvário.


Dualismo


O dualismo é o sistema filosófico que admite a existência de dois reinos. Crêem que existe duas forças cósmicas, duas energias opostas, que formam o universo. Tendo como nome Yin e Yang .


O principal ensino dos dualistas é : “Todo homem (humanidade) está preso numa matéria pecaminosa (corpo), porém para se libertar desta prisão pecaminosa, era necessário mortificar a carne e alimentar o espírito, para que o espírito prevaleça contra a carne”.



Conclusão


Há muitos grupos e idéias que negam a existência de Deus, porém mesmo que alguém ou algum grupo se esforcem para negar a sua existência, todos os seus esforços serão inúteis, pois não há como negar a existência de um Deus soberano, Criador do céus e terra. Porém as Escrituras nos dar a certeza que um dia todo o olho o verá, toda língua confessará e todo o joelho hão de se dobrar.


Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele

Apocalipse 1:7


Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.

Filipenses 2:10,11


Share:

0 Comments:

Postar um comentário

Definition List

Unordered List

Support