Uma igreja para um povo feliz...

quarta-feira, 22 de julho de 2020

Mulher pode pregar na igreja ou deve permanecer calada?


É uma dúvida que até hoje algumas pessoas ainda tem. Hoje estamos vivendo em um século em que as mulheres vem dia após dia lutando pela independência e liberdade, porém precisamos entender o que a bíblia diz sobre este assunto. Será que realmente a mulher não pode ensinar ou pregar na igreja? 


Esta pergunta está baseada na primeira epístola de Paulo aos Coríntios, capítulo 14 e versículo 34 que diz: “As mulheres devem permanecer caladas na igreja, porque não lhe és permitido falar, mas estejam submissas como também a lei ordena, se quiser aprender alguma coisa, pergunte em cassa ao marido, porque para a mulher é vergonhoso falar na igreja.”


Neste versículo, Paulo é categórico em suas palavras, porém antes de responder esta pergunta e tirar uma conclusão final, nós precisamos analisar o texto e também o seu contexto.


A igreja de Corinto, era uma das igrejas mais ricas em sentido de dons espirituais, porém era também uma das igrejas mais problemáticas que existia, podemos afirmar que era uma congregação desorganizada, onde havia uma série de problemas. Havia dissensões, desorganização nas práticas litúrgicas, enfim inúmeros eram os seus problemas, caso queira saber mais te recomendo o estudo: Divisão e a sabedoria de Deus.


Devido a desordem que predominavam em Corinto, algumas mulheres que se converteram do paganismo ao cristianismo, ao abraçar esta nova fé, as mulheres faziam perguntas, faziam diversos questionamentos exatamente na hora da reunião, no momento do culto de adoração ao Senhor.


O apóstolo Paulo observando a necessidade de ordem no culto e ensinando com base nos ensinamentos judaicos, ensina que as mulheres deveriam permanecer caladas, caso houvesse algum questionamento ou qualquer dúvida, o local apropriado para o esclarecimento, seria em sua própria casa, interrogando seu próprio marido.


Hoje a polêmica que se levanta em alguns ministério é: “A mulher pode ter sua oportunidade para pregar a palavra de Deus na igreja? Ou deve apenas ser uma ouvinte da palavra de Deus, não podendo exercer o ministério da palavra.


Na hermenêutica precisamos seguir algumas regras de interpretação, sem o seguimento destas regras nós não poderemos entender o que o autor do texto bíblico quer nos revelar. Contudo no caminho das interpretações encontramos alguns abismo que nos impede de fazer a correta interpretação, caso queira saber mais sobre este assunto leia o estudo: Valiosa dica de uma perfeita interpretação.


Agora respondendo a esta questão. Eu afirmo que as mulheres podem e devem pregar a palavra de Deus. E para justificar a minha resposta foi lhe dar pelo menos cinco motivos pelo quais eu apoio este ministério da palavra também para as mulheres.


Primeiro Motivo - Deus não faz acepções de pessoas




Não há uma regra nas Escrituras desautorizando as mulheres de pregar a palavra. Este texto que usamos como base deste estudo, é um texto utilizado para a igreja local de Corinto, e somente naquela época era empregado.


Este ensino foi uma tentativa de frear a desordem litúrgica que havia na igreja daquela época, assim como a celebração da Ceia do Senhor, foi preciso o apóstolo intervir, assim também como o uso dos dons espirituais dentro da igreja de Corinto, como diversos outros assuntos com relação a organização no decorrer do culto cristão.


Contudo não encontramos outra base bíblica para acreditar que seria uma regra de campo geral e não ser de domínio local. Portanto as mulheres pode sim exercer o ministério da palavra, e até mesmo pastorear uma igreja, seja ao lado do marido ou sem ele, seja na presidência de uma igreja ou como auxiliar . Desde que a mulher esteja capacitada para exercer tamanha responsabilidade.


Segundo Motivo - Deus Usa quem está preparado


Não importa quem vai ser o canal de Deus para transmitir a sua palavra, o importante é estar pronto para ser usado, seja o homem, seja a mulher, precisam estar totalmente preparado para ser um instrumento de Deus.


.Independente de ser uma mulher, a pessoa precisa ter sua vida no altar. Nenhuma pessoa pode se colocar na posição de ser um embaixador e ministro de Deus, se sua vida espiritual não condizer com a palavra de Deus.


Além do preparo espiritual, há também o preparo emocional, e o preparo intelectual para estar apto para ser um pregador, ou uma pregadora da palavra de Deus.Por isso a mulher candidata a pregar a palavra de Deus, precisa ser conhecedora de sua palavra, e se possível é muito importante cursar teologia, e frequentar as escolas bíblicas e o principal de tudo é precisa ter o chamado de Deus, para realizar tal obra.


Terceiro Motivo - Em Cristo não há distinções culturais ou sociais


Em Cristo não há judeu, e nem grego, todos têm o mesmo direito, e estão sujeito às mesmas regras. Embora não seja muito comum o relato de mulheres no ministério, há sim algumas mulheres que se destacavam na igreja, seja no auxílio do ministério de Jesus, e também no ministério apostólico, quanto  também sendo chamada por Deus para exercer o ministério, como é o caso da profetisa Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. 


Muitas outras mulheres serviam como cooperadoras no Reino de Deus.lembrando que foi uma mulher que ungiu a Jesus com unguento, antecipando assim sua sepultura, a função de ungir do Antigo Testamento está restrita ao ministério sacerdotal.


Quarto Motivo - Pregar é um dom


Não é qualquer pessoa que foi chamada para pregar a palavra de Deus. Pregar é um presente de Deus. Um dia o apóstolo Pedro teve uma visão, nesta visão ele vê animais em que os judeus não tinha por costume comer, porém Deus ordenou para que Pedro se alimentar destes animais, a medida em que Pedro relutou com o Senhor, sendo que a resposta de Deus foi não torne imundo o que eu purifiquei.


O que precisamos entender que pregar é um privilégio dado por Deus, e se Deus está chamando mulheres para propagar a sua palavra, o que nós devemos fazer é glorificar a Deus e louvá-lo pela vida das mulheres que estão se colocando na posição de servas, para anunciar a sua palavra.


Quinto Motivo - Após a ressurreição de Jesus a primeira mensageira é uma mulher


Ao terceiro dia Jesus ressuscita, e após sua ressurreição Maria Madalena recebe de Jesus a missão de anunciar a sua ressurreição. Jesus dá ordens para ela e diz: “Vá e anuncia os discípulos.”


Conclusão


No decorrer destes anos, desde a ressurreição de Jesus até aos dias atuais, o Senhor tem levantado muitas mulheres para pregar o evangelho. Eu seria estúpido em não reconhecer o ministério feminino, sendo que o Senhor Jesus, e os apóstolos dava-se a entender que apoiava este ministério.sem falar que hoje as mulheres vem conquistando seu merecido espaço, ano após ano, por isso não encontro nenhuma oposição em reconhecer o chamado ministerial de uma mulher.


Share:

0 Comments:

Postar um comentário

Definition List

Unordered List

Support