Nosso trabalho deve trazer glória a Deus

Com as consequências do COVID-19, muitos adorariam ter a oportunidade de trabalhar. Se você está sem trabalho, nosso coração está com você e ora para que Deus supra suas necessidades. Você pode confiar que ele fará isso como Jesus diz em Mateus 6:33, “Busque (busque) primeiro o reino de Deus e sua justiça, e todas essas coisas (comida, roupas, etc.) serão adicionadas (dadas, fornecidas ) para você." Quando você faz parte da família eterna de Deus por meio da confiança em Jesus Cristo como Salvador (João 3:16) e sua prioridade é agradá-lo e obedecê-lo, você pode contar com sua provisão. Visto que ele cuida de cada pássaro e veste a grama e as flores, ele não se esquecerá de você, seu filho (Mateus 6: 25-32).

É incrível, porém, ouvir falar de pessoas que agora podem voltar aos seus empregos, mas surpreendentemente optaram por não fazê-lo depois de serem estragadas pelos cheques de estímulo e benefícios de desemprego excessivamente generosos, mas temporários. Para essas pessoas, Deus também dá um conselho: “O preguiçoso diz: 'Há um leão na estrada, um leão feroz nas ruas'. Assim como a porta gira em seus gonzos, o mesmo acontece com o preguiçoso na sua cama ... ”(Provérbios 26: 13-16). “Se alguém não quer trabalhar (o que é capaz e tem oportunidade), também não comerá” (2 Tessalonicenses 3:10).

Você pode ficar surpreso ao saber que o trabalho em si não fez parte da maldição sobre a humanidade após sua queda no pecado. O primeiro homem, Adão, foi rapidamente designado por Deus para “cuidar e guardar” o paraíso do Éden, bem como para nomear todas as criaturas viventes (Gênesis 2: 15-20). No entanto, quando ele e Eva optaram por desobedecer às instruções claras de Deus de não comer o fruto proibido, o trabalho se tornou árduo e extenuante, com ervas daninhas infiltrando-se no solo e suor escorrendo da testa (Gênesis 3: 17-19).

Na verdade, o trabalho é uma atividade importante no céu sem a maldição do pecado, pois “Seus servos O servirão” (Apocalipse 22: 3). Ironicamente, um homem me disse que NÃO queria ir para o céu e ter que trabalhar mais. Mais tarde, ele mudou de ideia e confiou em Jesus como seu Salvador. Tenho certeza de que ele está muito feliz por trabalhar no céu hoje, em vez de sofrer a alternativa tortuosa.

Por que devemos trabalhar duro? Obviamente, para ganhar a vida, como afirma Provérbios 16:26: “Quem trabalha, trabalha para si mesmo, porque a sua boca faminta o impulsiona”. Muitos trabalham para enriquecer, mas Provérbios 23: 4-5 adverte: “Não trabalhe demais para ficar rico; por causa do seu próprio entendimento, cesse! " Por quê? “Pois as riquezas certamente fazem para si asas; eles voam como uma águia em direção ao céu. ” Por outro lado, Provérbios 10:22 afirma: “A bênção do Senhor enriquece e Ele não acrescenta tristeza”.

Visto que Deus nos criou para trabalhar e nos ordenou que trabalhássemos, nosso trabalho realmente deveria trazer glória e louvor a ele, não importa o quão humilde ou comum seja. O tipo de trabalho que glorifica a Deus é descrito em Colossenses 3: 22-25 quando Paulo explica como os escravos cristãos deveriam servir a seus senhores. Esta instrução se aplica aos funcionários modernos (servos) também:

1. Submeta-se ao seu chefe (v. 22a), obedecendo-o em todas as coisas, sem reclamar. Quantas pessoas desistem de procurar trabalho depois de conseguir um emprego?

2. Dê 100% do esforço total (vs. 22b) e não apenas quando o chefe estiver olhando. Sinceramente, dê o seu melhor, sem qualquer pretensão. Alguém disse: “Para um aumento rápido de energia, nada se compara a ter o chefe entrando.”

3. Leve seu supervisor final a sério (v. 22c). Tema desagradável a Deus, visto que, em última análise, somos responsáveis ​​por ele e ele nos vê 24 horas por dia, 7 dias por semana.

4. Tenha uma atitude entusiástica (v. 23), entregando seu coração e alma de boa vontade ao Senhor em primeiro lugar. Abe Lincoln disse: "Meu pai me ensinou a trabalhar, mas não a amar". Thomas Edison disse: “Nunca trabalhei um dia na minha vida. Foi tudo divertido. ”

5. Lembre-se de que as recompensas não são todas terrenas (vv. 24-25). Algum dia Jesus dirá aos que o merecem: “Muito bem, servo bom e fiel. Você tem sido fiel em algumas coisas, eu farei de você governante sobre muitas coisas. Entre na alegria do seu Senhor. ” (Mateus 25:21).

Nosso trabalho não é uma tentativa de ganhar o favor de Deus, o perdão ou o céu. Pelo contrário, é uma expressão de agradecimento, amor e um desejo de agradar Aquele que tornou tudo possível - Aquele que clamou: “Está consumado (concluído, feito, pago)” na cruz. “Pois pela graça de Deus vocês foram salvos por meio da fé e isso não vem de vocês, é o dom (gratuito) de Deus, não das obras para que ninguém se glorie.” Para a salvação, pare de trabalhar e comece a confiar em Jesus (João 1: 12-13; 3:16). Depois disso, vamos trabalhar duro para sua glória e reino. “Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa (trabalhe!), Fazei tudo para a glória de Deus” (1 Coríntios 10:31). 



Postar um comentário

0 Comentários